segunda-feira, 28 de outubro de 2013

* "Ajudando uns aos outros"


OBS: A história é contada com a mímica das mãos

A Srª Mão Direita tem cinco filhos que sempre andam com ela.
Chamam-se Polegar, Indicador, Dedo do Coração, Anular e Minguinho.
Os dedos se amam e se ajudam mutuamente.
Diz o Polegar: sou gordo e forte, pois faço os trabalhos duros. Quando guardo um objeto eu ajudo de um lado e meus irmãos do outro.
Diz o Indicador: sou alinhado e valente. Entro primeiro no bolso escuro e ajudo o polegar a tirar a oferta do bolso. Ajudo-o também a carregar pequenas coisas, um alfinete, por exemplo.
Diz o dedo do coração: sou alto e, estando no meio de todos, ajudo os dois lados.
Diz o anelar: não sou tão forte como o polegar, nem ágil como indicador, mas também faço a minha parte. Posso ajudar a segurar um copo de água para dar a um amigo!
Depois uma voz fraquinha diz: sou pequeno, mas também ajudo. Sou o Mínimo. Veja como ajudo a agarrar o trinco pra abrir a porta.
A Srª Mão Esquerda também tem cinco filhos, e eles têm os mesmos nomes dos filhos da Srª Mão Direita. Também eles trabalham juntos e descansam. Esta família não sabe fazer nada sózinha, mas ajuda muito bem.
Os filhos da Srª Mão Esquerda dizem aos filhos da Srª Mão Direita:
- Nós os ajudamos a abotoar o casaco, certo?
Os filhos da Srª Mão direita precisavam fazer um embrulho e, não podendo fazê-lo sozinhos, mesmo em cinco, pediram ajuda aos filhos da Srª Mão Esquerda. Alegremente estes os ajudaram. O pacote ficou bonito e todos juntos bateram palmas de alegria. Juntos ofertaram o presente a um amigo.
Quando estamos brincando e deixamos alguma coisa cair, muitas famílias de dedos se aproximam para nos ajudar. A do João, a da Maria, etc.
À noite, a Srª Mão Direita junta seus filhos aos filhos da Srª Mão Esquerda e, juntos, em oração, pedem a Deus para os ajudar a estarem sempre prontos a servir aos outros.

(Extraído da Revista Bem-Te-Vi Jardim - Autor desconhecido)
de
http://www.infantilebenezerjp.blogspot.com.br




sábado, 26 de outubro de 2013

* Cenários para o "Papai"





* Colorindo a história da "Criação de Deus"
















* Ambiente de Trabalho

Show...




Demais...











* "De onde vem o AMOR???"




Com a ajuda de sua Bíblia, descubra a importante mensagem.
          Amor.
          A pessoa amorosa considera e busca o bem-estar do outro. Ela escolhe doar seu tempo e seu dinheiro para o bem de alguém. Insiste em perdoar, ouvir e imaginar-se no lugar do outro. Não é movida por obrigação, nem por culpa ou interesse. A pessoa amorosa ajuda, elogia, presenteia, abraça e acolhe a quem ama. O amor gera todas as outras virtudes e sem ela a vida seria muito triste e sem sentido. Na verdade, sem ele, a vida seria impossível. O amor é o contrário do egoísmo, do ódio, da grosseria e da insensibilidade. 
"Façam aos outros a mesma coisa
que querem que eles façam a vocês."

Agora que você já sabe de onde vem o AMOR,
que tal deixar esse amor passar de você para os outros?

de
http://www.tiasdaescolinha.blogspot.com.br


* "Um filho..."

  
"Um filho....
Ele é o nó no meu cabelo.
O esmalte descascado na minha unha,
As olheiras no meu rosto.
Ele é o brinquedo na gaveta de roupas,
O amassado nas páginas do meu livro,
O rasgado no meu caderno de anotações.
Ele é o melado no controle remoto,
O canal de televisão,
O filme no DVD....
Ele é o farelo no sofá,
As tesouras no alto.
Ele é o backup no computador,
O mouse escondido,
As cadeiras longe da janela.
Ele é a marca de mão nos móveis,
O embaçado nos vidros,
O desfiado nos tecidos.
Ele é o ventilador desligado,
A porta do banheiro fechada,
A gaveta da cômoda aberta.
Ele é o coque na minha cabeça,
O amarrotado nas roupas,
As frutas fora da fruteira,
Os panos de prato amarrando os armários.
Ele é o meu shampoo cheio de água,
A espuma no chão do banheiro,
O brinquedo dentro da privada.
Ele é o interruptor nas tomadas.
Ele é o peixe no aquário,
A árvore de natal,
Os "pisca-piscas" de todas as casas.
Ele é o círculo, o susto....
A primeira visão da lua no começo da noite....
O valor do trabalho, a vontade de aprender,
A minha força,
A minha fraqueza,
A minha riqueza.
Ele é o aperto no meu peito diante de uma escada,
A ausência de sono diante de uma febre.
Ele é o meu impulso, o meu reflexo, a minha velocidade.
O cheirinho no meu travesseiro,
O barulho,
A metade,
O azul.
Ele é o vazio triste no silêncio de dormir,
O meu sono leve durante a noite.
Ele é o meu ouvido aguçado enquanto durmo.
A minha pressa de levantar da cama,
A minha espera de bom dia.
Ele é o arrepio quando me chama,
A paz quando me abraça,
A emoção quando me olha.
Ele é meu cuidado, a minha fé,
O meu interesse pela vida,
A minha admiração pelas crianças,
O meu respeito pelas pessoas,
O meu amor por Deus.
É o meu ontem,
O meu hoje,
O meu amanhã.
Ele é a vontade,
A inspiração,
A poesia.
A lição, o dever.
Ele é a presença, a surpresa
A esperança.
A minha dedicação.
A minha oração.
A minha gratidão.
O meu amor mais puro e bonito.
A minha vida!"

(autor desconhecido)
sugerido por: Mãe para Mães 







* "As Pragas do Egito"


O povo de Israel estava como escravo no Egito. Deus havia prometido libertá-los!
Moisés e Arão tentavam convencer Faraó para que deixasse o povo ir embora, mas Faraó nem dava atenção.
Então, Deus disse á Moisés que estendesse o seu cajado sobre o rio Nilo. E a água virou sangue! Os egípcios não puderam mais tomar banho naquela água ou bebê-la.
Em seguida, Deus mandou uma praga de rãs. Havia rãs na casa, na cama, em todo lugar, até mesmo no palácio.
Depois veio a praga dos piolhos e das moscas que encheram a casa dos egípcios.
Outra praga veio sobre a terra. Dessa vez, todas as vacas e ovelhas morreram. Todos os egípcios ficaram cheios de tumores e sua pele ficou cheia de feridas. Mesmo assim, o Faraó não amoleceu o seu coração.
A praga da chuva de pedra atingiu a terra; depois gafanhotos vieram e devoraram as planas. A escuridão cobriu a terra e ninguém conseguia ver nada.
Mas a última praga foi a pior de todas: Moisés advertiu o Faraó que o filho mais velho de cada família dos egípcios iria morrer naquela mesma noite.

Perguntas:
1- Qual é o nome do rio que virou sangue?
2- Quantas pragas houve ao todo?
3- Qual foi a primeira praga?
4- Qual foi a última praga?